Post Life Transitions Site Pessoal
Post Life Transitions Site Pessoal

3 RAZÕES PARA TER UM SITE PESSOAL

O seu currículo é um catálogo de vendas, cujo objetivo é apresentar o seu patrimônio profissional e provocar uma entrevista.

Muito embora existam na atualidade algumas tentativas de alterar a apresentação gráfica do currículo, adicionando cores e imagens de forma a torna-lo mais atraente, essas mudanças ainda não são bem recebidas pelos selecionadores.

Há uma forte componente de tradição, que impõe ao currículo padrões austeros e comedidos na sua apresentação (afinal, trabalho é coisa séria!).

Além disso, o selecionador experiente sabe como navegar pelas informações do currículo tradicional, encontrando facilmente aquelas que busca para sua decisão de prosseguir, ou não, com aquele candidato.

A criação de um website pessoal aparece com a grande alternativa para ilustrar a carreira e o conteúdo do profissional, de forma mais atraente e com maior impacto de comunicação.

Em muitos casos, já está comprovado, o site pessoal torna-se o fator diferenciador que permite destacar um profissional da grande massa de competidores. Portanto, é o caso de você também criar o seu, interligando-o com o seu currículo através de um hiperlink.

Por outro lado, nos tempos atuais tornou-se muito fácil criar um site pessoal. Você não precisa saber sobre hospedagem, nem sobre linguagens ou códigos especiais.

Existem à disposição páginas prontas para receber o seu perfil com fotos, links, textos e ilustrações.

Igualmente, não há a necessidade de grande quantidade de informações para compor um site pessoal; uma única página pode ser suficiente.

É importante escolher um gerador de sites que para você seja de fácil acesso e uso.

Convenceu-se de que é fácil? Mas é realmente necessário? Há três razões principais que justificam possuir um website pessoal.

1. Você controla sua marca e imagem pessoal

O site pessoal permite que você customize todas as informações publicadas, incluindo a imagem de fundo, as cores, os textos, as fotos e os gráficos ilustrativos etc.

Ao contrário do que ocorre com o seu registro no Likedin, que é padronizado por imposição do próprio sistema, ou da apresentação gráfica do seu currículo, submetido às convenções do tradicional.

Ou seja, o seu site pode ser o seu catálogo ilustrado.

Entretanto, não perca de vista a imagem que você quer projetar de si mesmo: as cores, os textos e as ilustrações devem ser condizentes com a mesma.

Conheça mais sobre como definir a sua marca pessoal nos itens 2 e 3 do artigo “VALE REFORÇAR O ASSUNTO: 8 DICAS SOBRE COMO USAR O LINKEDIN A SEU FAVOR” ou no item RESUMO do artigo “COMO SE DESTACAR NO LINKEDIN QUANDO TEM MAIS DE 50 ANOS.” ou no Capítulo 6 do e-book COMO OBTER O MÁXIMO DO LINKEDIN.9

2. O site é o seu catálogo ou portfolio

Há um ditado chinês que teve sua enunciação original distorcida e que se transformou na expressão: “Uma ilustração vale mais que mil palavras”.

Esse é o conceito que se aplica ao site pessoal.

As pessoas interiorizam o conhecimento através de percepções visuais de forma instantânea, com maior profundidade e maior compreensão.

Dessa forma, seu objetivo deve ser o de mostrar ao invés de descrever.

Sinta a diferença do poder de comunicação das informações abaixo:

Descrever
Obteve 25,89% de aumento de vendas no primeiro ano de sua gestão

Mostrar

Dessa forma, o seu site pessoal pode ser ilustrado com gráficos, fotos pessoais em momentos especiais (formatura, recebimento de uma honraria, fazendo uma apresentação ou uma palestra etc), fotos de realizações (produtos desenvolvidos ou lançados, instalação de novo equipamento de produção, material de campanhas internas ou externas etc), artigos publicados e outras ilustrações profissionalmente relevantes.

Grave um vídeo de 30 a 60 segundos de apresentação de si mesmo.

Para conhecer mais sobre este assunto veja o artigo em A IMPORTÂNCIA DO ELEVATOR PITCH

3. O website pessoal permite que você se destaque

Você apresentará os seus pontos fortes, identificando aquilo que faz com que se destaque entre todos os candidatos.

Para isso, é essencial que você insira no seu currículo um Hiperlink que irá induzir o selecionador a navegar pelo seu site.

Com isso, o seu site passa a ser o equivalente de um currículo ilustrado, sem chocar os preconceitos e os hábitos do entrevistador.

Por seu lado, você deixa de ser um anônimo e monótono texto em preto e branco, que é o seu currículo, passando a ganhar vida e se identificando com o selecionador.

Ewaldo Endler

Sócio da Next Steps e da Lifetransitions. Começou como executive search em 1972 e desde então tem desenvolvido uma larga experiência em várias organizações globais. É Coach em transições profissionais: A Conquista do Emprego, Planejamento de Carreira, A Recolocação Profissional, Preparação para Aposentadoria, Onboarding Executivo, Assessor na elaboração do currículo e em networking.

Deixe um comentário