Post Life Transitions Roda da Vida
Post Life Transitions Roda da Vida

BHAVACAKRA OU A RODA DA VIDA

O conceito de Roda da Vida, pelo que se tem notícia, foi inicialmente desenvolvido por Buda. É denominada de Bhavachaka, que é uma palavra derivada do sânscrito, composta, por seu lado, pela junção de dois termos:

Bhava – significando em Sânscrito: ser, existência real, nascimento, produção, origem;

Cakra – Também do Sânscrito, significando: roda, círculo ou ciclo;

A Bhavacakra, ou Roda da Vida, é usualmente encontrada nas paredes externas dos templos budistas tibetanos, para que pessoas comuns possam entender a essência dos ensinamentos de Buda.

A Bhavacakra analisa a vida segundo 8 fatores, com o objetivo de obter o equilíbrio entre os mesmos.

As Áreas

A Roda da Vida é baseada na noção de que existem categorias específicas, ou aquilo que são usualmente denominadas “Áreas de Foco” que formam a base ou fundamento de sua vida em geral.

O número de Áreas de Foco pode variar de autor para autor, mas os conceitos permanecem basicamente os mesmos e incluem:

  • Saúde: Sua saúde física e bem-estar (também pode incluir sua saúde emocional).
  • Crescimento pessoal: Embora nem todos possam área de foco para o desenvolvimento pessoal, qualquer pessoa interessada em atualização a possui.
  • Equilíbrio emocional: ansiedade, estresse, oscilações de humor.
  • Profissional / Negócio: Esta é a sua categoria de trabalho, que pode se transformar em uma Roda de Negócios.
  • Financeiro: sua capacidade de gerenciar seu dinheiro com eficiência, economizar, orçar e investir.
  • Social: inclui comunidades religiosas / espirituais e outras atividades de grupo.
  • Família: relações, diálogos, harmonia.
  • Relacionamentos: inclui seu relacionamento íntimo principal.
  • Convívio social e amigos: possui um confidente, alguém com quem compartilha as emoções.
  • Diversão e emoção: ter um tempo para si, descontrair-se, desligar-se das pressões do cotidiano.
  • Felicidade: qual a sua percepção de preenchimento interior?
  • Espiritualidade: Esta pode ser uma categoria ou simplesmente a força motriz por trás de todas as suas áreas de foco.

Como usar a Roda da Vida

Avalie seu nível atual de equilíbrio e satisfação

Depois de avaliar as principais Áreas de Foco para sua Roda da Vida, os resultados aparecem como pedaços de uma torta. O centro representa sua vida total.

Todos nós tendemos, portanto, a possuir certas áreas nas quais somos mais proficientes e tendemos a dedicar mais tempo, negligenciando aquelas onde se concentram nossas fraquezas.

Uma pessoa pode, por exemplo, fazer um excelente trabalho, alimentando-se corretamente, exercitando-se e se mantendo ativo (sua categoria
Saúde), mas pode ser horrível na Área de Foco que a recomenda a viver de acordo com suas possibilidades, não exagerando nos gastos com cartões de crédito e economizando para o futuro (sua categoria Financeira).

O exercício da Roda da Vida evidencia essas discrepâncias e torna a pessoa consciente de seu perfil.

Desafie suas convicções

Geralmente a razão pela qual descuidamos de certas áreas de nossa vida decorre das limitações que são impostas por crenças subconscientes que nos levam a fixações mentais.

Torna-se, então, necessário rever as verdades lapidares ou convicções absolutas que o indivíduo possui a respeito de sua inteligência, suas habilidades, suas competências e sua personalidade. Trata-se de demolir sua mentalidade fixa e se abrir à contestação flexível de suas crenças. O processo é mais eficaz quando suportado por um coach.

Busque uma vida mais plena

Determine duas ou três ações que que podem ser realizadas para melhora as Áreas de Foco nas quais os resultados foram mais fracos.

Entretanto, não se dedique somente a essas.

Assim como um atleta não se dedica somente a exercitar os músculos relacionados ao esporte que pratica, mas ao corpo todo, a manutenção da harmonia e do equilíbrio da vida exige a atenção à todas as Áreas de Foco, algumas com maior concentração de esforços do que outras.

Uma vida plena é marcada pela sensação de equilíbrio e crescimento interior. Quanto mais eficaz for a pessoa em cada uma das suas Áreas de Foco, maior será a satisfação derivada.

Além disso, a Roda da Vida torna o indivíduo consciente dos porquês de seus pontos cegos e o leva a fazer grandes melhorias para sustentar a si mesmo e aos seus entes queridos.

Aproveite e faça agora sua roda da vida gratuitamente e online. Clique aqui!

Danilo Endler

Formado em Coaching Integrativo pela ACI – Academia de Coaching Integrativo, certificado pela ALUBRAT – Associação Luso-Brasileira de Transpessoal e filiado à ABRH-SP (Associação Brasileira de Recursos Humanos), vem atuando na área de desenvolvimento humano desde então. É sócio da Edeaas Comunicação.

Deixe um comentário