Post Life Transitions - Resume
Post Life Transitions - Resume

NÃO EXISTE UM CURRÍCULO GENÉRICO, PARA ENVIAR EM TODOS OS CASOS!

Pense rápido: se você pretendesse adquirir um televisor, esse anúncio o atrairia?

Não?! Porque?!

Claro! A resposta é simples!

Ninguém no mundo compra um aparelho de televisão. As pessoas compram os benefícios que irão auferir! Ou seja, compram diversão, entretenimento, a possibilidade de assistir aos filmes que lhe interessam, atualizar-se com os noticiários, assistir às novelas e ao futebol etc.

Ninguém… ninguém, no universo, está interessado em saber quais são os componentes do produto e seus detalhes técnicos.

Agora pense e analise.

O seu curriculum vitae é o catálogo de vendas da sua capacitação profissional. Mas, você já parou para pensar que ele é igualzinho ao anúncio fictício apresentado acima?

Ou seja, descreve seus atributos técnicos do tipo: Formação Educacional, Domínio de Idiomas, Empresas para as quais trabalhou e Cargos Ocupados, Descrição sucinta desses cargos, suas atribuições, realizações etc.

Mas, quem vai contratá-lo está interessado em conhecer quais os benefícios  que ele, ou a empresa, irão auferir caso você seja admitido. O seu futuro supervisor quer saber como a vida dele será mais tranquila e feliz, caso ele o (a) contrate.

Ele deseja vislumbrar que, graças à sua capacidade de contribuição, ele poderá até mesmo ser promovido, em decorrência das melhorias que você introduzirá no funcionamento do departamento, ou setor, que ele chefia.

O mito associado ao currículo é que o recrutador, o selecionador ou até mesmo o contratante, conduzirá uma cuidadosa análise do conteúdo apresentado, a partir das informações técnicas do seu patrimônio
profissional e, com inteligência brilhante, será capaz de deduzir qual a utilidade que você terá para a organização.

Como dizia o antigo ditado, hoje em desuso, “PODE TIRAR O CAVALO DA CHUVA!” NUNCA  ele se dará ao trabalho de fazer essa análise! Nem mesmo tem tempo para isso, pois ele recebe dezenas e até centenas de currículos por dia!

Compete ao profissional a tarefa de demonstrar a sua adequação e utilidade para a empresa, de forma clara e que não deixe margem para dúvidas. Em decorrência, não existe um currículo genérico, que será utilizado para se apresentar como candidato em todas as oportunidades.

Para cada empresa e para cada cargo ao qual venha a se candidatar, um currículo específico deverá ser elaborado, ressaltando os aspectos do seu patrimônio profissional que correspondam às necessidades da organização.

Precisa de ajuda para elaborar um currículo de destaque? Clique aqui e saiba mais.

Ewaldo Endler

Sócio da Next Steps e da Lifetransitions. Começou como executive search em 1972 e desde então tem desenvolvido uma larga experiência em várias organizações globais. É Coach em transições profissionais: A Conquista do Emprego, Planejamento de Carreira, A Recolocação Profissional, Preparação para Aposentadoria, Onboarding Executivo, Assessor na elaboração do currículo e em networking.

Deixe um comentário