Life Transitions Dicas
Life Transitions Dicas

A LENDA DA GALINHA E DO MACACO #dica

Dentre todas as competências que o profissional pode apresentar, a Motivação pela Realização destaca-se como a mais importante de todas.

Grandes realizadores (High achievers) estão em constante demanda pelas empresas e, se e quando identificados, imediatamente recebem convites ou são cortejados.

Talvez com algum exagero pode-se dizer que, se não houver vaga em aberto para acolhe-los, a empresa criará um cargo para oferecer-lhes.

Nesse sentido, podemos afirmar ser a Motivação pela realização a “competência” universal.

Uma competência, por seu lado, inclui três componentes: intenção, ação e resultado, o que, no caso em foco é traduzida por:

  • Intenção uma forte preocupação em fazer melhor, pressionado por um padrão interno de excelência e uma preocupação para alcançar um resultado único e diferenciado;
  • Ação prevê comportamentos empreendedores: estabelecimento de objetivos, tomar a responsabilidade pessoal por resultados e assumir riscos calculados;
  •  Resultado nas organizações, este comportamento leva a uma melhoria contínua em qualidade, produtividade, vendas e outros resultados econômicos, bem como à inovação no desenvolvimento de novos produtos ou serviços.

Valores x habilidades

A bagagem de conhecimento e as habilidades são as mais fáceis de serem ensinadas.

Atitudes e valores são mais difíceis.

Embora seja possível mudar motivos e características dominantes, este processo é longo, difícil e dispendioso.

Dessa forma, do ponto de vista pragmático, a regra nas empresas deveria ser a de contratar pela motivação central e pelas características dominantes e desenvolver conhecimentos e habilidades.

Contudo, a maioria das organizações faz exatamente o inverso: contrata baseada nas credenciais acadêmicas (formação e MBA em boas escolas), presumindo que os candidatos “vêm com” ou podem ser doutrinados com motivos adequados e características dominantes.

Levando-se em conta o custo, teria sido mais efetivo contratar as pessoas com a “coisa” certa (motivos ou características dominantes) e treiná-las nos conhecimentos e habilidades específicas do trabalho a ser realizado.

Noutras palavras: “Claro que você pode ensinar uma galinha a trepar numa árvore; contudo, seu trabalho é muito mais simples se você contratar um macaco”.

Ewaldo Endler

Sócio da Next Steps e da Lifetransitions. Começou como executive search em 1972 e desde então tem desenvolvido uma larga experiência em várias organizações globais. É Coach em transições profissionais: A Conquista do Emprego, Planejamento de Carreira, A Recolocação Profissional, Preparação para Aposentadoria, Onboarding Executivo, Assessor na elaboração do currículo e em networking.

Deixe um comentário